Publicado por: Filipe de Arede Nunes | 18/03/2010

Arco Ribeirinho Sul: o que importa é construir!

Aí está, o mais importante é construir casas e vende-las o mais depressa possível, independentemente de tudo o que isso significa. Para além da inexistência de infra-estruturas necessárias e de a população portuguesa se manter dentro dos dez milhões há vários anos estas parecem-nos ser declarações muito infelizes por parte de António Fonseca Ferreira.

O Arco Ribeirinho Sul e mais concretamente a Quimiparque, a Siderurgia e a Margeira representam um ónus do Estado Português perante as populações do Barreiro, Seixal e Almada. O mais importante não é a conclusão dos planos de urbanização mas antes a requalificação de espaços que outrora foram onerados com enormes passivos ambientais e que estiveram ao serviço da Nação!


Responses

  1. Participe Rastreios à Tensão Arterial + Glicémia Capilar e Sessão Apresentação Grupo Cidadãos do Pinhal do General

    http://www.viverpinhaldogeneral.blogspot.com

    D + Pelo Pinhal do General


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: