Publicado por: Patrícia Fernandes | 09/09/2009

Carta estratégica “do Seixal”

Baía do Seixal

Apresentada recentemente, a Carta Estratégica de Lisboa – documento que faz parte da campanha do actual Presidente da Câmara de Lisboa, António Costa – coloca seis questões estratégicas fundamentais que se impõem acerca do futuro da cidade.

São seis pontos de partida para uma discussão alargada a todos os lisboetas, com que se pretende vir a traçar um futuro estrategicamente orientado para o desenvolvimento sustentável da cidade, entre os anos 2010 e 2024.

Independentemente da cor partidária dos responsáveis por esta ideia, a verdade é que as mesmas perguntas se podem aplicar à generalidade dos municípios portugueses, nomeadamente, do município do Seixal. Substituindo a palavra “Lisboa” pela palavra “Seixal” e a palavra “cidade” por “concelho” temos então as seguintes questões:

 –  Como recuperar, rejuvenescer e equilibrar socialmente a população?

–  Como tornar o Seixal um concelho amigável, seguro e inclusivo para todos?

– Como tornar o Seixal um concelho ambientalmente sustentável e energeticamente eficiente?

– Como transformar o Seixal num concelho inovador, criativo e capaz de competir num contexto global, gerando riqueza e emprego?

–  Como afirmar a identidade do Seixal, num Mundo globalizado?

–  Como criar um modelo de governo eficiente, participado e financeiramente sustentado?

Confesso que não li, como não lê a grande maioria da população votante, o programa eleitoral dos candidatos a autarcas do nosso concelho. Mas sei que estas são, precisamente, as questões a que cada um deles deve tentar responder com honestidade, coerência, realismo, ambição e, acima de tudo, paixão pelo concelho ao qual concorre.

Não se tratam de respostas de proximidade, do aqui e do agora, a curto prazo, como são rotundas ou ajardinamentos (não menosprezando os mesmos), galardões pelos quais o actual executivo muito gosta de puxar na hora de dizer que tem obra feita. Trata-se antes de um conjunto de respostas estratégicas que exigem reflexão acerca do futuro do Seixal, a médio e a longo prazo. Trata-se do que será o concelho daqui a 15, 20, 50 anos! Que, esperemos, seja um concelho muito melhor do que é hoje.

Desafio, desde já, os nossos candidatos a elaborarem uma estratégia sólida assente (também mas não só) nas importantes questões aqui transcritas.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: